LINHA VERDE - O maior conjunto de obras em Belo Horizonte
 
JANEIRO/2006
D S T Q Q S S

LINHA VERDE - O maior conjunto de obras em Belo Horizonte

01/06/2009 10:42

O projeto Linha Verde, lançado em 24 de maio de 2005, é o maior conjunto de obras viárias em Belo Horizonte e região metropolitana nas últimas décadas.
O empreendimento inclui intervenções nas avenidas Andradas e Cristiano Machado e na Rodovia MG-010. Uma via de trânsito rápido, com 35,4 km de extensão, irá ligar o centro de BH ao Aeroporto Internacional Tancredo Neves.
A Linha Verde beneficia mais de 3,5 milhões de pessoas, em quase 60 bairros da capital e mais de dez municípios. O projeto gerou empregos, atraiu investimentos, movimentou o comércio e acelera, com segurança, o deslocamento de trabalhadores.
A Linha Verde foi lançada para requalificar a área próxima à estação rodoviária e ao Parque Municipal, além de desafogar o trânsito, garantindo segurança, para motoristas e pedestres que trafegam na Cristiano Machado, principal acesso à parte norte da RMBH e às regionais Nordeste, Venda Nova e Norte.
O incremento do Aeroporto Internacional Tancredo Neves deu à via importância estratégica na economia, transformando-a em prioridade para o Governo de Minas e para a Prefeitura. A Linha Verde vai melhorar a articulação viária e de transporte da capital com Ribeirão das Neves, São José da Lapa, Santa Luzia, Pedro Leopoldo, Vespasiano, Lagoa Santa e outros municípios.
Para evitar que o crescimento da capital ameace os efeitos positivos da obra, as intervenções não devem parar.
O governo já tem projeto para a ampliação do Boulevar Arrudas e estuda levar o metrô até a nova sede do Executivo estadual, às margens da MG-10.
Arquitetura arrojada
A MG-010 está com 98% de suas obras finalizadas - 22 quilômetros de um total de 24 quilômetros liberados ao tráfego -, com investimento de R$ 130 milhões. Os dois viadutos estão localizados na altura do Km 30 da rodovia e foram construídos para melhorar o acesso ao município de Lagoa Santa para quem trafega no sentido Aeroporto/Belo Horizonte e para quem trafega no sentido Lagoa Santa/Belo Horizonte. Um dos viadutos tem forma arrojada, em semicírculo, e vão livre de 65 metros. As duas obras receberam investimento de R$ 8,19 milhões e consumiram quase 4 mil metros cúbicos de concreto e 770 toneladas de aço. Em todo o percurso da MG-010, foram implantados sete viadutos, 11 passarelas de pedestres e 3 passagens de pedestres em viadutos. A iluminação da rodovia já está com os postes instalados em trecho de 18 quilômetros. O projeto de paisagismo da MG-010, já autorizado pelo Governo de Minas, está em fase de licitação.
O governador Aécio Neves entregou à população dois novos viadutos do complexo viário construído na rodovia MG-010, no trevo de Lagoa Santa, Região Metropolitana de Belo Horizonte (RMBH). O complexo, considerado o emblema da Linha Verde pelas formas arrojadas dos viadutos, permitirá o escoamento melhor do tráfego próximo ao Aeroporto Internacional Tancredo Neves e de Lagoa Santa. Toda a obra da Linha Verde está prevista para ser concluída até o final do ano com investimento de R$ 375 milhões, recursos integralmente do Tesouro do Estado.

Para o prefeito Fernando Pimentel (PT), a Linha Verde é uma obra fundamental para Belo Horizonte. "Ela representa um grande avanço por melhorar a qualidade de vida dos moradores do seu entorno, além de proporcionar o desenvolvimento do vetor norte da cidade", afirmou.

Avenida Álvares Cabral, 1600 - 3º andar - Santo Agostinho - CEP:30170-917 - BH/MG - 31 3292-3962